IMPORTANTE!!!

Nascemos, crescemos e vivemos como se a vida fosse apenas um pequeno espaço de tempo que temos para cumprir aqui na terra. Vivemos em busca de um dia melhor , mais interessante que o outro, corremos em busca muitas vezes de alegria, de sucesso, de fama, de uma vida profissional; bem sucedida. Ou simplesmente de viver cada dia como se fosse o ultimo de nossas vidas. Curtir, sair para se divertir, correr, pular, correr, dançar enfim viver correndo para tudo como se não houvesse o futuro a nos esperar. Nos enganamos se pensamos ou vivemos assim, existe um futuro que pode ser eternamente bom ou eternamente ruim, isso só depende do caminho que eu e você procuramos seguir hoje. A Vida como um jardim, que hoje as flores nascem, florescem e amanhã murcham e cai. Mas existe um amor que nos faz viver e eternamente bem, existe um lugar onde as flores não morrerão, onde não haverá cansaço, não haverá nem correria, um lugar onde o senhor preparou para nóis ao seu lado vivermos. Jesus no quer que você deixe de viver. Corra, brinque, se alegre, sorria, seja um jovem feliz, mais lembre-se que você pode ser assim e ter um futuro muito melhor com Jesus na sua vida. Porque Jesus morreu para que nós tenhamos vida e vida com abundância no Senhor. Jesus ama você. Aceite o desafio de conhecer e viver com Jesus.

ATENÇÃO.

ESCLARECIMENTO: ESTE BLOG NÃO TEM A INTENÇÃO DE JULGAR NENHUM TIPO DE CRENÇA OU RELIGIÃO, E SIM LEVAR O CONHECIMENTO E A INFORMAÇÃO AO POVO DE DEUS, E AS PESSOAS, DAS COISAS QUE ESTÃO ACONTECENDO NA INTERNET E NO MUNDO. MUITAS COISAS AQUI PODEM NÃO SEREM VERDADE, POIS TEMOS QUE ANALISAR AS COISAS, E VER O QUE ESTÁ CORRETO OU NÃO. JESUS DISSE: PROVAI DE TUDO E RETEM O QUE É BOM. TAMBÉM DISSE: MEU POVO PERECE POR FALTA DE CONHECIMENTO. E EU DIGO: CONTRA FATOS, NÃO HÁ ARGUMENTOS. PEÇO AOS IRMÃOS QUE OREM POR NÓS.
QUE A PAZ DE JESUS ESTEJA COM TODOS.

Estudo aponta que a sugestão psicológica pode resultar em notas mais altas.


O efeito placebo pode funcionar até mesmo durante as provas!

Já foi comprovado cientificamente que medicamentos e procedimentos médicos sem efeitos reais podem ajudar pacientes em inúmeros casos graças à sua ação psicológica. Esse é o efeito placebo, que muitas vezes inclusive é recomendado como opção de tratamento. No entanto, de acordo com uma notícia publicada peloPacific Standard, um novo estudo sugere que é possível aplicar o mesmo processo para que as pessoas se saiam melhor em provas e testes.
Segundo a pesquisa, o simples fato de um indivíduo acreditar ter acesso às respostas de uma prova antes de sua realização aumenta a probabilidade de que o número de acertos seja maior. Em outras palavras, assim como uma pílula de mentirinha pode ajudar alguém a acessar sua habilidade de tolerar a dor, uma falsa convicção pode ajudar quem está prestes a fazer uma prova a relaxar e apresentar um melhor desempenho.

Sugestão psicológica

Fonte da imagem: shutterstock
O experimento foi conduzido com 40 voluntários, que realizaram um teste de conhecimentos gerais com 20 questões. A prova continha perguntas de múltipla escolha que variavam entre questões numéricas, como qual é o valor de “π”, assim como artísticas, como quem é o autor da famosa obra “Guernica”. Porém, antes do inicio do teste, metade dos participantes foi informada de que as respostas de cada pergunta seriam mostradas rapidamente na tela.
Os voluntários foram informados também que a resposta apareceria rápido de mais para que fosse percebida conscientemente — apenas subliminarmente —, mas que seus cérebros registrariam as informações. Contudo, no lugar das respostas, os pesquisadores apresentaram aos participantes simples sequências aleatórias de letras.

Resultados

Fonte da imagem: shutterstock
Os resultados apontaram que, efetivamente, os voluntários sob o efeito da “pílula de açúcar mental” se saíram melhor do que os do grupo de controle, provavelmente devido à convicção de que tinham acesso às respostas. Os pesquisadores acreditam que essa crença permitiu que eles se sentissem mais confiantes, fazendo com que relaxassem e ficassem mais atentos às respostas.
Os pesquisadores acreditam que essa mesma técnica pode ser aplicada em situações nas quais seja necessário avaliar as habilidades e conhecimentos reais de um indivíduo, sem a “contaminação” de fatores externos, como a ansiedade ou o medo. De qualquer forma, com base nesse estudo, não custa nada começar a repetir mentalmente “você sabe a resposta! você sabe a resposta!” antes de encarar as suas provas.
fonte.

Nenhum comentário: