IMPORTANTE!!!

Nascemos, crescemos e vivemos como se a vida fosse apenas um pequeno espaço de tempo que temos para cumprir aqui na terra. Vivemos em busca de um dia melhor , mais interessante que o outro, corremos em busca muitas vezes de alegria, de sucesso, de fama, de uma vida profissional; bem sucedida. Ou simplesmente de viver cada dia como se fosse o ultimo de nossas vidas. Curtir, sair para se divertir, correr, pular, correr, dançar enfim viver correndo para tudo como se não houvesse o futuro a nos esperar. Nos enganamos se pensamos ou vivemos assim, existe um futuro que pode ser eternamente bom ou eternamente ruim, isso só depende do caminho que eu e você procuramos seguir hoje. A Vida como um jardim, que hoje as flores nascem, florescem e amanhã murcham e cai. Mas existe um amor que nos faz viver e eternamente bem, existe um lugar onde as flores não morrerão, onde não haverá cansaço, não haverá nem correria, um lugar onde o senhor preparou para nóis ao seu lado vivermos. Jesus no quer que você deixe de viver. Corra, brinque, se alegre, sorria, seja um jovem feliz, mais lembre-se que você pode ser assim e ter um futuro muito melhor com Jesus na sua vida. Porque Jesus morreu para que nós tenhamos vida e vida com abundância no Senhor. Jesus ama você. Aceite o desafio de conhecer e viver com Jesus.

ATENÇÃO.

ESCLARECIMENTO: ESTE BLOG NÃO TEM A INTENÇÃO DE JULGAR NENHUM TIPO DE CRENÇA OU RELIGIÃO, E SIM LEVAR O CONHECIMENTO E A INFORMAÇÃO AO POVO DE DEUS, E AS PESSOAS, DAS COISAS QUE ESTÃO ACONTECENDO NA INTERNET E NO MUNDO. MUITAS COISAS AQUI PODEM NÃO SEREM VERDADE, POIS TEMOS QUE ANALISAR AS COISAS, E VER O QUE ESTÁ CORRETO OU NÃO. JESUS DISSE: PROVAI DE TUDO E RETEM O QUE É BOM. TAMBÉM DISSE: MEU POVO PERECE POR FALTA DE CONHECIMENTO. E EU DIGO: CONTRA FATOS, NÃO HÁ ARGUMENTOS. PEÇO AOS IRMÃOS QUE OREM POR NÓS.
QUE A PAZ DE JESUS ESTEJA COM TODOS.

Pastor que acusa Edir de ligação com narcotráfico teme atentado.



No dia 29 de maio, Carlos Magno de Miranda escreveu em sua página no Facebook que, se vier a sofrer um atentado, os nomes dos responsáveis estão na caixa de seu e-mail. “É só passar para a Polícia, que ela chegará aos criminosos.” 

Magno é o pastor que desde 1991 acusa o bispo Edir Macedo, chefe da Universal, de ter comprado a TV Record com ajuda de narcotraficantes colombianos, do Cartel de Cali.

Cinco dias depois de o Magno ter publicado o aviso no Facebook, o blog de Vini Silva, que se apresenta como historiador e teólogo, publicou uma entrevista com o pastor na qual ele reafirmou suas acusações. “Conheço todos os detalhes dessa negociação imoral.”
Magno contou que em dezembro de 1989, do dia 12 ao 14, ele e sua mulher e outros quatros casais da seita foram a Bogotá (Colômbia) para conhecer a cidade onde seria instalado um templo da Universal. “Só no hotel o bispo [Honorilton] Gonçalves contou a verdade [...]: um traficante, sensibilizado com a campanha da compra da Record, se ofereceu para emprestar US$ 1 milhão e uma quantia a qual não sei calcular em pedras de diamantes”. 

O pastor, que então fazia parte da cúpula da Universal, afirmou que se recusou a participar do negócio, mas o dinheiro e os diamantes acabaram sendo transportado para o Brasil. De acordo com relato de Magno ao Ministério Público, os casais desembarcaram no Rio em um avião fretado, com o dinheiro escondido na calcinha das mulheres dos pastores. 

“Eu fui o único a ficar fora do esquema”, disse Magno ao blog. “Minha esposa participou alegando que, se [Macedo] estava errado, ele daria conta a Deus.” 

Um dos contatos da Igreja Universal na Colômbia seria o narcotraficante Víctor Patiño, que foi preso em 2002 e extraditado para os Estados Unidos. Em 2005, a polícia colombiana descobriu que uma cobertura de 600 metros quadrados de Patiño morava Maria Hernández Ospina, que se apresentava como representante da Igreja Universal.
A Iurd sempre negou as acusações, mas até hoje o Ministério Público da Colômbia investiga suspeitas do envolvimento da Igreja Universal em lavagem de dinheiro para o narcotráfico.

Venezuela investiga se Universal lava dinheiro do tráfico de drogas
setembro de 2011 

Magno contou que iniciou a negociação da compra da Record com o Grupo Silvio Santos e a família Machado de Carvalho, donos então da emissora. 

“A Record foi comprada por US$ 45 milhões, e a igreja assumia as dividas, sabendo que o patrimônio tecnológico era zero, tudo sucateado, o que implicava em ter de comprar tudo novo”, disse. “Foi dado um sinal de US$ 15 milhões, e o saldo restante deveria ser pago em 10 parcelas mensais de US$ 4,5 milhões.” 
Ele disse que Edir Macedo contou com a interferência de Fernando Collor, então presidente da República, para que Silvio Santos concordasse em dispensar uma fiança de um banco de primeira linha. “Se a Iurd apoiou Collor, por que [a Iurd] não pedir ajuda a ele?” 

Magno disse que Silvio Santos abriu mão da fiança porque acreditava que quem de fato estava comprando a emissora era Fernando Collor, tendo Edir Macedo como testa de ferro. 

“Edir Macedo entendeu de imediato o que estava acontecendo e disse: "Silvio, você me desculpe, mas o presidente queria segredo, eu não podia revelar nada". Silvio se dirigiu aos demais e disse: "Então está tudo resolvido, não precisa fiança nenhuma". 

Magno disse que, naquela negociação, Edir continuou mentindo, dizendo que Collor tinha pedido para que o saldo da dívida fosse parcelado em mais vezes. Mais recentemente, Edir se gabou de ter enganado Silvio Santos na compra da Record. 

O pastor saiu da Universal em 1990 e no ano seguinte contou ao Ministério Público sobre a sua viagem e de outros pastores à Colômbia. Ele afirmou que continua cristão, mas não evangélico. Atualmente, é pregador da Igreja Evangelho da Graça de Deus, com um templo em Natal, outro em Recife e o terceiro em Fortaleza, onde mora.



Além da conexão da Universal com o narcotráfico, Magno afirmou saber muito mais. Como a “compra de imóveis de US$ 1 milhão quando todos os pastores ficaram sem salário devido à compra da Record. Sobre o envolvimento com o mundo sujo da política (Collor, Quércia, Renan Calheiros etc.). A remessa semanal de dinheiro para o Exterior via doleiros. O ouro derretido e transformado em barras e levado pessoalmente para ser entregue na casa do Edir nos Estados Unidos”. 

A página no Facebook de Magno não tem a sua foto, certamente por precaução.


Leia mais em Paulopes
FONTE;


Nenhum comentário: