IMPORTANTE!!!

Nascemos, crescemos e vivemos como se a vida fosse apenas um pequeno espaço de tempo que temos para cumprir aqui na terra. Vivemos em busca de um dia melhor , mais interessante que o outro, corremos em busca muitas vezes de alegria, de sucesso, de fama, de uma vida profissional; bem sucedida. Ou simplesmente de viver cada dia como se fosse o ultimo de nossas vidas. Curtir, sair para se divertir, correr, pular, correr, dançar enfim viver correndo para tudo como se não houvesse o futuro a nos esperar. Nos enganamos se pensamos ou vivemos assim, existe um futuro que pode ser eternamente bom ou eternamente ruim, isso só depende do caminho que eu e você procuramos seguir hoje. A Vida como um jardim, que hoje as flores nascem, florescem e amanhã murcham e cai. Mas existe um amor que nos faz viver e eternamente bem, existe um lugar onde as flores não morrerão, onde não haverá cansaço, não haverá nem correria, um lugar onde o senhor preparou para nóis ao seu lado vivermos. Jesus no quer que você deixe de viver. Corra, brinque, se alegre, sorria, seja um jovem feliz, mais lembre-se que você pode ser assim e ter um futuro muito melhor com Jesus na sua vida. Porque Jesus morreu para que nós tenhamos vida e vida com abundância no Senhor. Jesus ama você. Aceite o desafio de conhecer e viver com Jesus.

ATENÇÃO.

ESCLARECIMENTO: ESTE BLOG NÃO TEM A INTENÇÃO DE JULGAR NENHUM TIPO DE CRENÇA OU RELIGIÃO, E SIM LEVAR O CONHECIMENTO E A INFORMAÇÃO AO POVO DE DEUS, E AS PESSOAS, DAS COISAS QUE ESTÃO ACONTECENDO NA INTERNET E NO MUNDO. MUITAS COISAS AQUI PODEM NÃO SEREM VERDADE, POIS TEMOS QUE ANALISAR AS COISAS, E VER O QUE ESTÁ CORRETO OU NÃO. JESUS DISSE: PROVAI DE TUDO E RETEM O QUE É BOM. TAMBÉM DISSE: MEU POVO PERECE POR FALTA DE CONHECIMENTO. E EU DIGO: CONTRA FATOS, NÃO HÁ ARGUMENTOS. PEÇO AOS IRMÃOS QUE OREM POR NÓS.
QUE A PAZ DE JESUS ESTEJA COM TODOS.

Frei Messias é pego em flagrante com adolescente em motel



Um notebook pertencente ao frei franciscano Erivan Messias da Silva, 43 anos, preso desde o começo da noite de segunda-feira, quando saía de um motel em Várzea Grande acompanhado de uma adolescente de 16 anos, será devassado em investigação pela Polícia.
Nele pode conter informações que podem ajudar a esclarecer não só o nível de relacionamento que mantinha com a garota e seus familiares como também outras atividades suspeitas do religioso.
Fotos e conversas entre o frei e a jovem serão retiradas do aparelho, apreendido. Outros religiosos próximos ao frei também serão ouvidos pela Polícia, segundo informou a delegada da Mulher, Criança e do Idoso de Várzea Grande, Juliana Palhares, ao explicar que o frei foi enquadrado no crime de estupro de vulnerável, cuja pena varia de oito a 15 anos de prisão.
Nesta quinta-feira, o religioso – punido com afastamento pela  Diocese de Cuiabá -  poderá deixar Erivan divide cela com outros 17 presos no anexo 1 da Penitenciária Central do Estado. Ele  é formado em teologia e filosofia e ocupa uma cela especial para onde foi transferido após o flagrante. O pedido de liberdade encaminhado pelos seus defensores deve ser apreciado pela Justiça, após parecer da Promotoria de Justiça. A prisão do frei causou indignação na comunidade católica.
O advogado Anderson Nunes de Figueiredo, responsável pela defesa do frei,  garantiu que vai desmistificar a acusação que pesa contra seu cliente. O relacionamento afetivo e sexual da menina com o frei começou aproximadamente na metade de 2010 e a jovem se mostra apaixonada por Erivan. “Não é crime de estupro. Seria se a violência ocorresse sem o consentimento da vítima” –  ele disse.
Em depoimento à Polícia, a jovem se declarou apaixonada pelo frei e que o considerava namorado. A adolescente também disse que sofria de depressão. A família da adolescente nega que  sabia do relacionamento amoroso da jovem, em que pese  as estreitas relações. Segundo Palhares, até o momento, não há indício de envolvimento de nenhum membro da família no caso e, por isso, a jovem voltou para casa.
Anderson disse também que o religioso afastado rebateu as acusações que pesam contra ele, a partir de um dossiê de informações elaborado por pessoas que suspeitavam de suas atitudes. O religioso havia sido transferido de Goiânia (GO) e depois de Campo Grande (MS) por implicações semelhantes, ou seja, envolvimento com adolescentes. Há também informações sobre desvio de dinheiro. Segundo o advogado, Erivan Messias garante que  todas as acusações são  de boatos.

Nenhum comentário: