IMPORTANTE!!!

Nascemos, crescemos e vivemos como se a vida fosse apenas um pequeno espaço de tempo que temos para cumprir aqui na terra. Vivemos em busca de um dia melhor , mais interessante que o outro, corremos em busca muitas vezes de alegria, de sucesso, de fama, de uma vida profissional; bem sucedida. Ou simplesmente de viver cada dia como se fosse o ultimo de nossas vidas. Curtir, sair para se divertir, correr, pular, correr, dançar enfim viver correndo para tudo como se não houvesse o futuro a nos esperar. Nos enganamos se pensamos ou vivemos assim, existe um futuro que pode ser eternamente bom ou eternamente ruim, isso só depende do caminho que eu e você procuramos seguir hoje. A Vida como um jardim, que hoje as flores nascem, florescem e amanhã murcham e cai. Mas existe um amor que nos faz viver e eternamente bem, existe um lugar onde as flores não morrerão, onde não haverá cansaço, não haverá nem correria, um lugar onde o senhor preparou para nóis ao seu lado vivermos. Jesus no quer que você deixe de viver. Corra, brinque, se alegre, sorria, seja um jovem feliz, mais lembre-se que você pode ser assim e ter um futuro muito melhor com Jesus na sua vida. Porque Jesus morreu para que nós tenhamos vida e vida com abundância no Senhor. Jesus ama você. Aceite o desafio de conhecer e viver com Jesus.

ATENÇÃO.

ESCLARECIMENTO: ESTE BLOG NÃO TEM A INTENÇÃO DE JULGAR NENHUM TIPO DE CRENÇA OU RELIGIÃO, E SIM LEVAR O CONHECIMENTO E A INFORMAÇÃO AO POVO DE DEUS, E AS PESSOAS, DAS COISAS QUE ESTÃO ACONTECENDO NA INTERNET E NO MUNDO. MUITAS COISAS AQUI PODEM NÃO SEREM VERDADE, POIS TEMOS QUE ANALISAR AS COISAS, E VER O QUE ESTÁ CORRETO OU NÃO. JESUS DISSE: PROVAI DE TUDO E RETEM O QUE É BOM. TAMBÉM DISSE: MEU POVO PERECE POR FALTA DE CONHECIMENTO. E EU DIGO: CONTRA FATOS, NÃO HÁ ARGUMENTOS. PEÇO AOS IRMÃOS QUE OREM POR NÓS.
QUE A PAZ DE JESUS ESTEJA COM TODOS.

Menina Albina Assassinada para Rituais de Bruxaria

Menina Albina Assassinada para Rituais de Bruxaria

Criança albina de 11 anos foi morta a tiro por um homem encapuçado que fugiu com o cadáver. As autoridades falam em rituais de bruxaria.
Uma menina albina de 11 anos foi morta a tiro na Suazilândia, num crime que a polícia acredita estar relacionado com rituais de bruxaria.
A menina estava a lavar roupa num rio com um grupo de amigos quando um homem, que vestia uma balaclava – um género de gorro ninja que tapa a cabeça deixando apenas os olhos à mostra – a tentou agarrar.
Em frente às restantes crianças, o homem baleou a menina nas costas, levando consigo o corpo que acabou por ser descoberto no rio horas mais tarde, conta a notícia avançada pelo jornal “Telegrapah”. Também no início deste ano outra criança albina de 11 anos foi morta perto da mesma zona. O cadáver acabou por aparecer sem uma das mãos.
As autoridades locais acreditam que ambas as mortes estão relacionadas com rituais de bruxaria, uma vez que existe uma crença relacionada com o uso de cadáveres albinos – pessoas que sofrem de falta de pigmentação nos olhos, cabelo e pele – em feitiçarias.

Tráfico de albinos

Feitiçeiros AfricanosDe acordo com as autoridades da Suazilândia, os praticantes de magia negra fazem negócio recorrentemente com traficantes de seres humanos, como o queniano que esta semana foi condenado a 17 anos de prisão na Tanzânia por tentar vender um albino a um curandeiro.
No passado dia 28 Julho, um tanzaniano de 50 anos foi condenado à morte pelo assassinato de uma menina albina. O homem foi apanhado em flagrante a beber o sangue da criança, após tê-la morto.
A imprensa da Tanzânia afirma que dezenas de albinos foram assassinados no país desde 2007 devido às crenças religiosas dos feiticeiros, que afirmam que as suas poções feitas com sangue, pele e outras partes do corpo de quem sofre de albinismo são mais eficazes para resolver problemas de relacionado com amor, saúde e dinheiro.
Tráfico de albinos
De acordo com as autoridades da Suazilândia, os praticantes de magia negra fazem negócio recorrentemente com traficantes de seres humanos, como o queniano que esta semana foi condenado a 17 anos de prisão na Tanzânia por tentar vender um albino a um curandeiro.
No passado dia 28 Julho, um tanzaniano de 50 anos foi condenado à morte pelo assassinato de uma menina albina. O homem foi apanhado em flagrante a beber o sangue da criança, após tê-la morto.
A imprensa da Tanzânia afirma que dezenas de albinos foram assassinados no país desde 2007 devido às crenças religiosas dos feiticeiros, que afirmam que as suas poções feitas com sangue, pele e outras partes do corpo de quem sofre de albinismo são mais eficazes para resolver problemas de relacionado com amor, saúde e dinheiro.
Fonte : EXPRESSO

Nenhum comentário: