IMPORTANTE!!!

Nascemos, crescemos e vivemos como se a vida fosse apenas um pequeno espaço de tempo que temos para cumprir aqui na terra. Vivemos em busca de um dia melhor , mais interessante que o outro, corremos em busca muitas vezes de alegria, de sucesso, de fama, de uma vida profissional; bem sucedida. Ou simplesmente de viver cada dia como se fosse o ultimo de nossas vidas. Curtir, sair para se divertir, correr, pular, correr, dançar enfim viver correndo para tudo como se não houvesse o futuro a nos esperar. Nos enganamos se pensamos ou vivemos assim, existe um futuro que pode ser eternamente bom ou eternamente ruim, isso só depende do caminho que eu e você procuramos seguir hoje. A Vida como um jardim, que hoje as flores nascem, florescem e amanhã murcham e cai. Mas existe um amor que nos faz viver e eternamente bem, existe um lugar onde as flores não morrerão, onde não haverá cansaço, não haverá nem correria, um lugar onde o senhor preparou para nóis ao seu lado vivermos. Jesus no quer que você deixe de viver. Corra, brinque, se alegre, sorria, seja um jovem feliz, mais lembre-se que você pode ser assim e ter um futuro muito melhor com Jesus na sua vida. Porque Jesus morreu para que nós tenhamos vida e vida com abundância no Senhor. Jesus ama você. Aceite o desafio de conhecer e viver com Jesus.

ATENÇÃO.

ESCLARECIMENTO: ESTE BLOG NÃO TEM A INTENÇÃO DE JULGAR NENHUM TIPO DE CRENÇA OU RELIGIÃO, E SIM LEVAR O CONHECIMENTO E A INFORMAÇÃO AO POVO DE DEUS, E AS PESSOAS, DAS COISAS QUE ESTÃO ACONTECENDO NA INTERNET E NO MUNDO. MUITAS COISAS AQUI PODEM NÃO SEREM VERDADE, POIS TEMOS QUE ANALISAR AS COISAS, E VER O QUE ESTÁ CORRETO OU NÃO. JESUS DISSE: PROVAI DE TUDO E RETEM O QUE É BOM. TAMBÉM DISSE: MEU POVO PERECE POR FALTA DE CONHECIMENTO. E EU DIGO: CONTRA FATOS, NÃO HÁ ARGUMENTOS. PEÇO AOS IRMÃOS QUE OREM POR NÓS.
QUE A PAZ DE JESUS ESTEJA COM TODOS.

A Lei Marcial e os Campos de Detenção nos USA

A Lei Marcial e os Campos de Detenção nos USA


Estamos perigosamente próximos a uma situação em que se o povo americano for às ruas para exprimir uma justa indignação ou se houver um outro 11 de Setembro poderia ser rapidamente implementado e executado um mecanismo para a lei marcial sob a Rex 84.
O governo americano tem um plano que permitiria a detenção de grande número de cidadãos americanos durante períodos de emergência.
O plano chama-se REX 84, abreviatura de Readiness Exercise 1984. Por meio da Rex-84 um número não revelado de campos de concentração serão postos em operação por todo os Estados Unidos, para internamento de dissidentes e outros que potencialmente sejam prejudiciais ao estado.
O Programa Rex 84 foi estabelecido originalmente com base no raciocínio de que se um "êxodo em massa" de estrangeiros cruzasse a fronteira mexicano-estadunidense eles seriam capturados rapidamente e retidos pelo FEMA (Federal Emergency Management Agency) em centros de detenção.
A existência do plano Rex 84 foi revelada pela primeira vez durante as Audições Irão-Contra, em 1987, e posteriormente relatada pelo Miami Herald de 5 de Julho de 1987.
"Estes campos devem ser operados pelo FEMA no caso de a lei marcial precisar ser implementada nos Estados Unidos e tudo o que seria preciso para isto seria a assinatura presidencial numa proclamação e a assinatura do procurador geral numa ordem de prisão (warrant) à qual uma lista de nomes seria anexada".
E aqui está a finalidade real do FEMA é não só proteger o governo como ser o seu principal veículo para a lei marcial.
Eis porque o FEMA não pôde responder imediatamente ao desastre do Furacão Katrina, os esforços humanitários não faziam mais parte da sua tarefa sob a alçada do Departamento de Segurança Interna (Department of Homeland Security).
Parece que o Furacão Katrina também proporcionou ao FEMA uma desculpa para "ensaiar" seus poderes inconstitucionais em Nova Orleans, entrando de casa em casa, confiscando armas e recolhendo "refugiados" (agora chamados "evacuados" e "realojando-os" em vários campos. "Alguns evacuados estão a ser tratados como 'internados' pelo FEMA", escreveu Wayne Madsen , antigo empregado do NSC.
"Continuam a chegar relatos ao WMR de que evacuados de Nova Orleans e Acadiana [as tradicionais vinte e duas freguesias habitadas pelos Cajun] que foram espalhados pelos Estados Unidos estão a ser tratados como 'internados' e não como cidadãos americanos deslocados devido a uma catástrofe.
Estejam prevenidos, o governo americano não recuará diante de nada para preservar seu poder e as suas mal sucedidas aventuras neocon agora em curso. E neste momento propuseram ter o controle executivo das tropas da Guarda Nacional em todos os estados em caso de emergência nacional.
O governador Tom Vilsack, de Iowa, considerou tal proposta como "a um passo de distância de um controle completo da Guarda Nacional, o fim da Guarda como uma força com dupla função que pode responder tanto ao estado como às necessidades nacionais".
A disposição foi embutida dentro da versão para o Congresso da lei da defesa sem aviso aos estados, algo que Vilsack disse ressentir tanto quanto a própria proposta.
Sob as suas disposições, o presidente teria autoridade para tomar o controle da Guarda Nacional em caso de "desastres naturais ou feito pelo homem, acidente ou catástrofe" nos Estados Unidos.

Convém recordar: para a "administração" a desordem nos portões que eles realmente temem não são terroristas e sim, ao contrário, o povo a exigir a verdade.
REX 84 E FEMA (Federal Emergency Management Agency)
Existem mais de 3.800 campos de detenção nos Estados Unidos, todos plenamente operacionais e prontos para receber prisioneiros. Todos estes campos são cercados por guardas vestidos de preto o tempo inteiro, mas por incrível que pareça, todos estão vazios.
Estes campos são administrados pelo FEMA e caso houvesse necessidade de implementar a Lei Marcial nos Estados Unidos, tudo que seria necessário é uma assinatura do presidente, assinatura do procurador geral e a proclamação de uma ordem de prisão à qual é anexada uma lista de nomes.
O Programa Rex 84 foi estabelecido com base no raciocínio de que se um "êxodo em massa" de estrangeiros ilegais cruzasse a fronteira mexicana-estadunidense eles seriam cercados rapidamente e detidos pelo FEMA nestes centros de detenção.
O Rex 84 permitiu que muitas bases militares fossem encerradas e transformadas em prisões nos lugares mais estratégicos dos Estados Unidos.
As operações Cable Spice e Garden Plot são os dois sub-programas que seriam implementados uma vez iniciado o programa Rex 84. O Garden Plot é o programa para controlar a população. O Cable Spicer é o programa para uma tomada de controle metódica dos governos estaduais e locais pelo governo federal.
O FEMA é o braço executivo da polícia de estado que está por vir e portanto dirigirá todas as operações dentro do território nacional. As Ordens Executivas Presidenciais já listadas no Federal Register também fazem parte da estrutura legal desta operação.
Todos os campos tem instalações ferroviárias bem como estradas que conduzem às instalações de detenção. Muitos também têm um aeroporto próximo. A maioria dos campos pode abrigar uma população de até 20 mil prisioneiros.
Atualmente, a maior destas instalações fica junto a Fairbanks, no Alasca. A instalação do Alasca é um enorme centro de saúde mental e pode manter milhares de pessoas.
Segue alguns vídeos em inglês no youtube mostrando alguns campos de detenção. Não consegui traduzí-los para o português por falta de tempo.


Ordens Executivas Presidenciais(Decretos)

Decretos associados ao FEMA que podem suspender a Constituição americana e o "Bill of Rights"
DECRETO 10990 
permite ao governo assumir todos os tipos de transporte e controle de estradas e portos marítimos.
DECRETO 10995 
permite ao governo apreender e controlar os meios de comunicação.
DECRETO 10997 
permite ao governo assumir todas as instalações de energia elétrica, gás, petróleo, combustíveis e minerais.
DECRETO 10998 
permite ao governo de aproveitar todos os meios de transporte, incluindo automóveis pessoais, caminhões ou veículos de qualquer espécie e total controle sobre todas as estradas, portos e vias navegáveis.
DECRETO 10999 
permite ao governo assumir todos os recursos de alimentos e fazendas.
DECRETO 11000 
permite ao governo mobilizar civis em brigadas de trabalho, sob supervisão do governo.
DECRETO 11001 
permite ao governo assumir todas as funções da saúde, educação e bem-estar.
DECRETO 11002 
designa poderes ao ministro dos correios para iniciar um registro nacional de todas as pessoas.
DECRETO 11003 
permite ao governo assumir todos os aeroportos e aviões, incluindo aeronaves comerciais.
DECRETO 11004 
permite que a Autoridade de Habitação e Finanças possa realojar comunidades, construir novas moradias com recursos públicos, designar áreas a serem abandonadas, e criar novos locais para as populações.
DECRETO 11005 
permite ao governo assumir ferrovias, vias navegáveis e instalações públicas de armazenamento.
DECRETO 11051 
especifica a responsabilidade do Gabinete de Planeamento de Emergência e dá autorização para colocar todos os decretos em vigor, em tempos de aumento das tensões internacionais, crise econômica ou financeira.
DECRETO 11310 
concede autoridade ao Departamento de Justiça para reforçar os planos estabelecidos nos Decretos, instituir o apoio industrial, estabelecer ligação entre judiciário e legislativo, controlar todos os estrangeiros, administrar instituições penais e correcionais, aconselhar e apoiar o Presidente.
DECRETO 11049 
atribui a função de preparação de emergência para os departamentos e agências federais, consolidando 21 decretos operacionais por um período de quinze anos.
DECRETO 11921 
permite que a Agência Federal de Prontidão a Emergência desenvolva planos para estabelecer um controle sobre os mecanismos de produção e distribuição de fontes de energia, salários, remunerações, crédito e fluxo de dinheiro nas instituição financeiras dos Estados Unidos em qualquer emergência nacional. Quando um estado de emergência for declarado pelo presidente, o Congresso não poderá fiscalizar qualquer ação por um período de seis meses. A Agência Federal de Administração de Emergências (FEMA) tem amplos poderes em todos os aspectos da nação.
General Frank Salzedo, chefe civil do FEMA, Divisão de Segurança, declarou em uma conferência de 1983 que enxerga o FEMA como uma "nova fronteira para a proteção de indivíduos e líderes governamentais de assassinato,instalações civis e militares de sabotagem e/ou ataque, também prevenir grupos dissidentes terem acesso a opinião pública americana, ou uma audiência global em tempos de crise".
Poderes da Agência FEMA foram consolidadas pelo presidente Carter, incorporando os seguintes decretos...
Decreto sobre a "Segurança Nacional de 1947" 
permite a mudança estratégica de indústrias, serviços, governo e outras atividades econômicas essenciais, e para racionalizar as exigências de recursos humanos, recursos e instalações de produção.
Decreto sobre a "Defesa da Produção de 1950" 
dá ao presidente amplos poderes sobre todos os aspectos da economia.
Decreto de "29 de agosto de 1916" 
autoriza o secretário do Exército, em tempo de guerra, tomar posse de qualquer sistema de transporte para o transporte de tropas, materiais bélicos ou qualquer outra finalidade relacionada à emergência.
Decreto de "Emergência Internacional aos Poderes Econômicos"
permite ao Presidente confiscar propriedades no território nacional ou propriedades de um país estrangeiro. Esses poderes foram transferidos para o FEMA em uma consolidação generalizada em 1979.
Considerações:

Pelos meus estudos e pesquisas na política e economia durante estes últimos anos e com evidências na palavra de Deus, tudo indica que a segunda guerra civil americana deve inciar-se logo após a queda do dólar e do novo colapso de Wall Street em 2010 (Julho ou Agosto), planejado nas reuniões secretas dos Bildenbergs.

Da mesma forma que o colapso do sistema financeiro foi planejado em 2008 com a aprovação de Deus (DOW Jones fechou em -777 pontos neste dia), este último virá para sepultar o dólar e desbancar todos as instituições financeiras privadas, quem sabe nacionalizando-as definitivamente.
Poderemos seguir a queda do dólar verificando a bolsa de valores (DOW Jones) todos os dias seguindo uma linha ascendente, quando o momento chegar,  em um único dia, a bolsa vai despencar mais de 6000 pontos , varrendo as economias mundiais que conhecemos.
Acredito também, que a queda do dólar e a inclinação a guerra civil, vai deteriorar os Estados Unidos de tal forma, que não vamos reconhecer este país em questão de 2 a 3 anos.

Acredito que entre 2010 e 2012 os Estados Unidos estarão na maior depressão da história, no qual a depressão de 1929, será uma brincadeira comparada com o caos econômico e social por vir, em todas as ramificações do governo.

Milhões de pessoas perderão seus empregos(hoje em média são 400 a 600 mil por mês e mais de 150 mil empresas estão fazendo "outsourcing" para países como Brasil, China e Índia). Haverá fome, muita fome e motins por todas as partes levando o país a um retrocesso e estagnação comparados ao países do Terceiro Mundo.
Neste período, estes campos de detenção(concentração) florescerão para conter as sedições em massa. Vamos lembrar que na constituição americana os americanos podem "bear arms", isso quer dizer, podem ter armas em casa e proteger-se contra golpes de estado e pressão militar contra a constituição americana. Por aí podemos imaginar o tamanho do caos e desolação.
O ponto chave é que a economia americana é uma pedra de tropeço para a elevação na Nova Ordem Mundial e da moeda única, e de acordo com a “Elite”,  o país precisa ser perder suas origens e ser colocado por terra.
Acredito também que logo após a queda do sistema financeiro em 2010, países como a China e Rússia, ficarão indignados por tal desastre culpando somente os Estados Unidos pelo colapso global e a perda de seus respectivos Assets, levando a um conflito nuclear sem precedentes e a invasão via terra pelos chineses e russos.

Nenhum comentário: