IMPORTANTE!!!

Nascemos, crescemos e vivemos como se a vida fosse apenas um pequeno espaço de tempo que temos para cumprir aqui na terra. Vivemos em busca de um dia melhor , mais interessante que o outro, corremos em busca muitas vezes de alegria, de sucesso, de fama, de uma vida profissional; bem sucedida. Ou simplesmente de viver cada dia como se fosse o ultimo de nossas vidas. Curtir, sair para se divertir, correr, pular, correr, dançar enfim viver correndo para tudo como se não houvesse o futuro a nos esperar. Nos enganamos se pensamos ou vivemos assim, existe um futuro que pode ser eternamente bom ou eternamente ruim, isso só depende do caminho que eu e você procuramos seguir hoje. A Vida como um jardim, que hoje as flores nascem, florescem e amanhã murcham e cai. Mas existe um amor que nos faz viver e eternamente bem, existe um lugar onde as flores não morrerão, onde não haverá cansaço, não haverá nem correria, um lugar onde o senhor preparou para nóis ao seu lado vivermos. Jesus no quer que você deixe de viver. Corra, brinque, se alegre, sorria, seja um jovem feliz, mais lembre-se que você pode ser assim e ter um futuro muito melhor com Jesus na sua vida. Porque Jesus morreu para que nós tenhamos vida e vida com abundância no Senhor. Jesus ama você. Aceite o desafio de conhecer e viver com Jesus.

ATENÇÃO.

ESCLARECIMENTO: ESTE BLOG NÃO TEM A INTENÇÃO DE JULGAR NENHUM TIPO DE CRENÇA OU RELIGIÃO, E SIM LEVAR O CONHECIMENTO E A INFORMAÇÃO AO POVO DE DEUS, E AS PESSOAS, DAS COISAS QUE ESTÃO ACONTECENDO NA INTERNET E NO MUNDO. MUITAS COISAS AQUI PODEM NÃO SEREM VERDADE, POIS TEMOS QUE ANALISAR AS COISAS, E VER O QUE ESTÁ CORRETO OU NÃO. JESUS DISSE: PROVAI DE TUDO E RETEM O QUE É BOM. TAMBÉM DISSE: MEU POVO PERECE POR FALTA DE CONHECIMENTO. E EU DIGO: CONTRA FATOS, NÃO HÁ ARGUMENTOS. PEÇO AOS IRMÃOS QUE OREM POR NÓS.
QUE A PAZ DE JESUS ESTEJA COM TODOS.

CENTRO EVANGÉLICO BRASILEIRO INFORMA AS LEIS QUE TRAMITAM EM BRASÍLIA CONTRA OS CRISTÃOS.




CENTRO EVANGÉLICO BRASILEIRO 


                                                               
Informa à todas as Igrejas Evangélicas e ao povo de Deus sobre as LEIS
 que tramitam em Brasília. 


Está escrito: Marcos 13: 9 e 13E disse Jesus: Mas olhai por vós mesmos, porque vos entregarão aos concílios e às
sinagogas; e sereis açoitados, e sereis apresentados perante presidentes e reis, por amor de mim, para lhes servir de
testemunho. E sereis odiados por todos por amor do meu nome; mas quem perseverar até ao fim, esse será salvo.
FICA PROIBIDO FAZER:
Cultos ou evangelismo na rua (Reforma Constitucional)
Programas evangélicos na televisão por mais de uma hora por dia.
Programa de rádio ou televisão, quem não possuir faculdade de 'jornalismo'.
Pregar sobre dízimos e ofertas, havendo reclamações, obreiros serão presos.
QUANTO AOS CULTOS:
Cultos somente com portas fechadas (Reforma Constitucional)
As igrejas serão obrigadas a pagarem impostos sobre dízimos, ofertas e contribuições..
Será considerado crime pregar sobre espiritismo, feitiçaria e idolatria, e também veicular mensagem no rádio, televisão,
jornais e internet, sobre essas práticas contrárias a Palavra de Deus.
Pastores que forem presos por pregar sobre práticas condenadas pela Bíblia Sagrada (homossexualismo, idolatria e
espiritismo), não terão direito a se defender por meio de ação judicial.·
SE ESTABELEÇA:

dia do “Orgulho Gay” e que seja oficializado em todas as cidades brasileiras e
comemorado nas Instituições de Ensino Fundamental (primeira a 8.a série), público e particular.
Que as Igrejas que se negarem a realização das solenidades dos casamentos de homem
com homem e de mulher com mulher, estarão fazendo “discriminação”, seja multadas e seus
pastores processados criminalmente por descriminação e desobediência civil.
PROJETO nº 4.720/03 - Altera a legislação constitucional
PROJETO nº 3.331/04 – Altera artigo 12 da Lei nº 9.250/95, que trata da legislação do imposto de renda das 'pessoas físicas'
Se convertidos em Lei, os dois projetos obrigariam as igrejas a recolherem impostos sobre dízimos, ofertas e contribuições.
1. PROJETO nº 299/99 – Altera o código brasileiro de telecomunicações (Lei 4.117/62).
Se aprovado, reduziria programas evangélicos no rádio e televisão a apenas uma hora.
2. PROJETO nº 6.398/05 – Regulamenta a profissão de Jornalista
Contém artigos que estabelecem que só poderão fazer programas de rádio e televisão, pessoas com formação em
JORNALISMO,Significa que pastores sem a formação em jornalismo não poderão fazer programas através desses meios.
3. PROJETO nº 1.154/03 – Proíbe veiculação de programas em que o teor seja considerado preconceito religioso.
Se aprovado, será considerado crime pregar sobre idolatria, feitiçaria e rituais satânicos. Será proibido que mensagens sobre
essas práticas sejam veiculadas no rádio, televisão, jornais e internet. A verdade sobre esses atos contrários a Palavra de
Deus, não poderá mais ser mostrada.
4. PROJETO nº 952/03 – Estabelece que é crime atos religiosos que possam ser considerados abusivos a boa-fé das
pessoas. Convertido em Lei, pelo número de reclamações, pastores serão considerados 'criminosos' por pregarem sobre
dízimos e ofertas.
5. PROJETO nº 4.270/04[/b] – Determina que comentários feitos contra ações praticadas por grupos religiosos possam ser
passíveis de ação civil.
Se convertido em Lei, as Igrejas Evangélicas ficariam proibidas de pregar sobre práticas condenadas pela Bíblia Sagrada,
como espiritismo, feitiçaria, idolatria e outras. Se o fizerem, não terão direito a se defender por meio de ação judicial.
6. PROJETO de nº 216/04[/b] – Torna inelegível a função religiosa com a governamental.
Significa que todo pastor ou líder religioso lançado a candidaturas para qualquer cargo político, não poderá de forma alguma
exercer trabalhos na igreja.


OBS: Provavelmente estas leis serão para OFICIALIZAR a perseguição que sempre existiu contra os
pastores e crentes verdadeiros, os pastores e crentes não maçons.
MEDITE: Os pastores e crentes não maçons nunca tiveram espaço para pregarem nas TVs, Rádios, Grandes
Templos e Grandes Convenções. Eles nunca pediram grandes valores em dízimos e ofertas, nunca
comercializaram o evangelho, sempre pagaram impostos, portanto nunca foram ricos de bens materiais e
sempre viveram da graça de Deus
.

Nenhum comentário: